Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Artemísia Nunes da Silva

artemisianunes@bol.com.br

Riviere Briton, 1840-1920, UK, Una e o leão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poesia:


Ensaio, crítica, resenha & comentário: 


Contos:


Fortuna crítica: 


Alguma notícia da autora, sua page pessoal:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ticiano, Magdalena

 

Allan Banks, USA, Hanna

 

 

 

 

 

 

 

Rubens Sanzio de Turbino, Transfiguração, detalhe

 

 

 

 

 

Artemísia Nunes da Silva


 

SOLIDÃO

Hoje estou só.
A lua abraça a terra.
O vento acaricia as folhas,
fazendo festa no ar.
Mas nada faz sentido,
pois estou só.

Hoje estou só.
Uma dor profunda me apunhala,
e ele não vê que estou só.

As minhas noites são desencanto.
Eu me afogo em minha dor.

Hoje, como ontem, estou só.
 

 

 

Hélio Pólvora

 

Artur Eduardo Benevides

 

 

 

 

 

 

 

 

 

29/10/2005