Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

 

 

 

 

 

Ane


 

Prefácio, ensaio, crítica, resenha & comentário:


Poesia:


Fortuna crítica:


Alguma notícia da autora:

 

 

William Blake (British, 1757-1827), Angels Rolling Away the Stone from the Sepulchre

 

Jean Léon Gérôme (French, 1824-1904), Slave market

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ane


 

A pena do poeta


Pena a correr no papel
emudecido descontente sente
vontade de perfumar as tintas
fazê-las de muitas cores
tons aguados fugidios


Quisera escrever em árabe
línguas mortas cuneiformes
doces parlendas de antanho
que fazem dormir...


Os tempos são outros
caligrafias não mais importam
poesia é coisa concreta
Nunca mais a cantilena
de cheiro guardado
dos velhos baús
da cor mais idosa
do ramo encontrado
nas folhas antigas
do volume usado
herbário de sonho


Quisera ser a voz das múmias
proferindo maldições
gargalhada de um griot
muhidin de minarete
 

Metálica pena
negra garatuja
arranhando
o papel
arrepia
concreto e pálido
como o dia.

 

 

 

 

 

 

 

 

04.07.2005