Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

 

 

 

 

 

Emílio Burlamaqui  


 

Prefácio, ensaio, crítica, resenha & comentário:


Poesia:


Fortuna crítica:


Alguma notícia do autor:

 

 

 

A menina afegã, de Steve McCurry

 

Leonardo da Vinci, Embrião

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Entardecer, foto de Marcus Prado

 

 

 

 

Emílio Burlamaqui


 

Sobre a poesia de Soares Feitosa

 

Um primeiro escrito

 

Caro poeta SF
 

Em mãos os poemas Habitação e Architectura, ambos do mais assinalado valor.

A Sra. Fabião, em transatlânticas observações, disse tudo. Ela mesma poeta — sua prosa plena de iluminuras. E oleira, posto que sabe que barro se alisa com os dedos molhados.

Depois da lusitana Maria Alice, pouco me restaria a comentar. Como ela, fiquei pasmo com o magnífico "só os pássaros"!

A beleza foi a moradora primeira das duas vivendas.

O encontro de dedos (desta vez feito sobre o oceano), Michelangelo chegou a esboçar na Capela Sistina. Mas lá, não chegaram a se tocar — jamais o farão.

Parabéns, Poeta grande; cumprimentos à Sra Fabião e o abraço do
 

Emílio Burlamaqui.

 

Um segundo escrito

 

Como o Millôr, também fiquei pasmo com essa reinvenção da poesia. Seria reinvenção, ou seria a própria Poesia "en traje de luces"? Poeta e Poesia — enigma do qual não ouso me acercar. Trazer a amplitude infinita do sonho para o parco código das palavras e lançá-las em ação por meio da poesia, eis a arte que só os iniciados, poucos, dominam. Feitosa é um deles!


 

Um terceiro escrito

 

Fortaleza, 7 abr 97
 

Grão-poeta Soares Feitosa,

Em bilhete anterior havia adjetivado seus versos como trescalantes.

Pois não é que chega, diretamente de sua generosidade, livro seu com a essência da poesia larga e portentosa e o incenso do sertão nosso!

Versos que nos alçam à esfera em expansão da fantasia! Sortilégio da imburana de cheiro nos trasladando a uma infância dormida, porém viva, que súbito veio à tona.

Pela conjunção mágica de sonho e de mirra,

muito feliz e

reconhecido

Emílio
 

 

 

 

 

 

 

 

05.08.2005