Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

 

 

 

 

 

Leite Jr.
professorleite@bol.com.br


 

Prefácio, ensaio, crítica, resenha & comentário:


Poesia:


Fortuna crítica:


Alguma notícia do autor:

 

 

Ticiano, Magdalena

 

A menina afegã, de Steve McCurry

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leite Jr.


 

A poesia de Soares Feitosa

 

Prezado Soares Feitosa:
 

Às vezes a gente tem que buscar no mundo o sentido de estar aqui e agora. Você, na rede mundial, armou a sua entre firmes mourões e benevides. E pode preparar o rol eletrônico, pois sua fortuna assenta-se no que mais o ser humano herdou da divindade: a palavra.
 

Parabéns!
 

Leite Jr.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Winterhalter Franz Xavier, Alemanha, Florinda

 

 

 

 

 

Leite Jr


 

Bilaquiana


As estrelas,

Só de noite é que podemos vê-las;

Só na canção podemos recolhê-las;

Só na música podemos tangê-las, pastorá-las

E mungi-las,

Vacas siderais.

Sós, bem sei,

Já não podemos sequer ouvi-las.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Allan R. Banks (USA, 1948) - Hanna

 

 

 

 

 

Leite Jr


 

Uma palavra


Uma palavra, como planta, cravo,

Com seu cheiro e travo,

Veio, com saudades

E asas,

Saudar-me com sabor de canto: riso,

Quase guizo,

Humor.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jornal de Filosofia

 

 

 

 

 

Leite Jr


 

Elegia a Patativa


Patativa, no céu foste morar:
Cá na terra o teu canto emudeceu.
Canta lá, Patativa, e canto eu
O silêncio que está no teu lugar.


Nos ecos do sertão, ouço aboiar
Na memória do povo um canto teu;
Tua triste partida aconteceu:
Patativa, era a hora de arribar...


Se cá na terra o canto, que hoje chora,
Comovia a celeste habitação,
Imagino, poeta, como agora


Ressoará tua canção de outrora
Lá do infinito sobre o teu sertão,
Como chuva entre o sol da nova aurora.


 

 

 

 

 

 

27.03.2006