Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Alceu Brito Correa

 

alceubrito@uol.com.br

 

Caravagio, Tentação de São Tomé, detalhe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poesia :

Do livro Epiciclo:

Do livro EKINOX

 


Ensaio, crítica, resenha & comentário: 


Alguma notícia do autor:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tiziano, Mulher ao espelho

 

Ruth, by Francesco Hayez

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Alessandro Allori, 1535-1607, Vênus e Cupido

 

 

Alceu Brito Correa


 

Informações sobre a obra/autor:


EPICICLO, por definição: círculo de diâmetro igual a um ponto – o próprio ponto! Ou a volta em torno de si mesmo. Mas também é o círculo menor cujo centro está em um ponto de circunferência maior, indicando dependência total de algo de dimensão superior. E são tantos os pontos dessa circunferência, que podemos dizer estarmos diante de uma coletânea desses círculos menores, ou de uma “antologia” de antologias.

E por ser assim circular, a seleção não respeitou nenhuma cronologia de criação dos poemas, misturando coisas da década de 60 com a atual, dentro de idéias centrais, como questionar a paz, o establishment, os sonhos e os devaneios da adolescência, os problemas urbanos, o amor, as mulheres e os homens, os amigos, o fim, a repetição de tudo sempre, cíclica, causada talvez pelas incertezas e inconstâncias do próprio ser humano. Ou as do próprio autor, engenheiro eletricista por formação acadêmica (e sustento da família), mas poeta por necessidade de vida, que só agora propõem-se a esta sua “Antologia”, embora tenha sido publicado em quase cem coletâneas, no Brasil e no exterior, e venha participando do SEDF – Sindicato dos Escritores no DF e de diversas entidades literárias, associações e academias de letras, bem como conste como verbete em importantes dicionários de poetas e escritores brasileiros. Tem pronto para encaminhar para publicação outro livro de poemas, ainda sem título, e Sombra nas Sombras, livro de contos.
 

 

 

William Blake (British, 1757-1827), Christ in the Sepulchre, Guarded by Angels

Início desta página

Nilto Maciel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Caravagio, Tentação de São Tomé, detalhe

 

 

Alceu Brito Correa


 

Poesia "Arte sã"


EPICICLO traz, inicialmente, uma interessantíssima contradição: é o primeiro livro solo de um autor já bastante conhecido na literatura brasileira. Alceu Brito Corrêa, mineiro, residente em Brasília, é contista, artista plástico, mas, principalmente, poeta atuante, membro de diversas entidades culturais e possuidor de vasta obra. No entanto, até agora, encontrava-se ela dispersa e espalhada por antologias nacionais e estrangeiras (Brasil, Portugal, Itália), sites, jornais e revistas impressas. Se, por um lado, esta postura mostra um pouco do perfil do poeta que apostou na ação coletiva da poesia, por outro, revela também a impossibilidade, até hoje, de um estudo mais aprofundado de sua produção literária, através de uma visão de conjunto abrangente.

Para preencher esta lacuna, surge EPICICLO, imprimindo, como o título prenuncia, uma espécie de movimento circular expansionista ao arrebanhar tudo o que já foi feito, não para voltar às origens, mas para mais se expandir em outros círculos. E, assim, seus “pensamentos com garra” propagam-se pela terra, pelos céus e pelo ar,

“afogando o assim seja em cada copo de cerveja”
“escondendo a Lua Nova”
“beijando o espaço vazio”

atingindo alvos certeiros:
 

o “astro de TV que não se crucifica, no máximo desliga-se”,
os “filhos de esquinas tão estéreis”,
as “bailarinas sem músicas”,
os que “não doam lágrimas”,
e a “tanta gente, de rostos invisíveis,”
                que apenas “vive por viver
                recordando por recordar
                o silêncio da própria vida”,
incapaz de perceber o “poeta passar seguindo seu próprio féretro”.
 

Uma poesia que se dirige, portanto, “à multidão que existe nele”, em nós, e em todos que, acreditando na força da palavra, sempre

“preparam o dia
para um novo salto”.
 

Leila Míccolis
Poeta, escritora de cinema, teatro e TV
 

 

 

Da Vinci, La Scapigliata

Início desta página

Sânzio de Azevedo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Franz Xaver Winterhalter. Portrait of Mme. Rimsky-Korsakova, detail

 

 

Alceu Brito Correa


1. Comentário sobre Femina

 

Non nova, sed nove

Muitos disseram sobre o amor 
imortal chama sempre acesa 
mas nada com tanto ardor 
e com essa sincera Femina 
que novamente nos comove 
entusiasma e reanima: 
ainda o amor ao mundo move!
 
 

 

2. Bilhete ao Soares - Estudos & Catálogos - Mãos

 

Prezado amigo, só um artista especial, completo como você, pode ser um Cururu, barbudo ou não, peçonhento ou não, destilar veneno se necessário for, coaxar intermitentemente, anunciando Estudo & Catálogos, Mãos, Femina, Lírica, outros poetas, a poesia, o conto, a vida, a ordem, a razão, enfim, o defeito, o jeito, o sem jeito, loucuras e acertos, sempre do seu jeito...
Mando-lhe com inusitado prazer o material pedido:
  • do Epiciclo, meu único livro hoje ("uma antologia de antologias, pois sai em mais de 100 por aí a fora), mando-lhe A Arte da Guerra (una poesia per la vita, distinção da editora Milenium em Trento/Itália em 2002), O Poema e Arte Sã; mando-lhe também foto, matérias de jornal, do site de Blocos, prefácio de Leila Miccollis;
  • do possível livro novo, EKINOX, são todos os outros poemas, ora em plena gestação...
Contos, histórias, crônicas, perdi o arquivo eletrônico, ora em fase de recuperação; fico-lhe devendo.
Obrigado pelo convite, meu amigo, 

Abraços, Alceu.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

03.01.2008