Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Horácio Dídimo 

Entardecer, foto de Marcus Prado

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poesia:


Ensaio, crítica, resenha & comentário: 


Fortuna crítica: 


Alguma notícia do autor:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Bernini_The_Rape_of_Proserpina_detail

 

Ticiano, Magdalena

 

 

 

 

 

 

Da Vinci, La Scapigliata, detail

 

 

 

 

 

Horácio Dídimo


 

Obrigado, Fazendinha!
Para Rodrigo Marques


Mestre Jabuti de férias
Lá se foi pra Fazendinha,
Levando o seu arco-íris
No chapéu da Formiguinha.


No caminho ia pensando
Nesse povo tão amigo:
O Besouro Azul piscando,
A família do Rodrigo;


As mãos das mães tecelãs
Tecendo mais partituras
Nos bordados, nas gravuras!


E nos cafundós das nuvens
A voz do Pato de Chita
Gritando que o sol existe!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Franz Xaver Winterhalter. Portrait of Mme. Rimsky-Korsakova, detail

 

 

 

 

Horácio Dídimo


 

As casas


após longa espera
nada aconteceu


as casas continuaram baixas


tão baixas
que muitos de seus habitantes rastejavam
enquanto outros desistiam de antigas reivindicações

 

 

 

William Bouguereau (French, 1825-1905), Reflexion

Início desta página

Lilian Mail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

William Bouguereau (French, 1825-1905), Reflexion, detail

 

 

 

 

Horácio Dídimo


 

As doces meninas de outrora


as doces meninas de outrora
amanheceram
vestiram os vestidos novos
pintaram as unhas de vermelho
por um instante resplandeceram
depois baixaram as cabecinhas louras
e envelheceram como as flores

 

 

 

Titian, Noli me tangere

Início desta página

Maria de Lourdes Hortas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Frederic Leighton (British, 1830-1896), Memories, detail

 

 

 

 

 

Horácio Dídimo


 

Convite


venham todos
conversemos numa comunhão vulgar
sobre as mulheres e o mundo
tiremos o paletó e os sapatos
leiamos os jornais em voz alta
brindemos aos fatos imprevistos
entoemos canções ao velho mar


e que a madrugada nos encontre assim
participando rumorosamente
de uma humanidade sem destino

 

 

 

Jean Léon Gérôme (French, 1824-1904), Cleópatra ante César

Início desta página

Cissa de Oliveira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

John Martin (British, 1789-1854), The Seventh Plague of Egypt

 

 

 

Horácio Dídimo


 

Triste


triste não é saber que não há
nem que não haverá
triste é saber que nunca houve
e que agora para todo o nunca
choraremos

 

 

 

Crepúsculo, William Bouguereau (French, 1825-1905)

Início desta página

Helena Pedra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Michelangelo, 1475-1564, Teto da Capela Sistina, detalhe

 

 

 

 

 

Horácio Dídimo


 

O homem da cadeira de balanço


precisamos criar juízo
cumprir as determinações
e tomar enérgicas providências


precisamos coibir os abusos
respeitar os sinais do tempo
e outras normas regulamentares


precisamos ficar calados
diante de certas coisas
porque assim é melhor


precisamos evitar as mãos magras das visitas
os olhos noturnos dos gatos
e o apelo da verdade.

 

 

 

Bernini_Apollo_and_Daphne_detail

Início desta página

Marcia Theophilo

 

 

17.05.2006