Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Adelaide Petters Lessa 

 

Jean L�on G�r�me (French, 1824-1904), Morte de C�sar, detalhe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Da Vinci, La Scapigliata, detail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poesia:


Ensaio, crítica, resenha & comentário: 


Alguma notícia da autora:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Franz Xaver Winterhalter.
Portrait of Mme. Rimsky-Korsakova, detail

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

William Blake (British, 1757-1827), Christ in the Sepulchre, 
    Guarded by Angels

 

William Blake (British, 1757-1827),
The Ancient of Days

 

 

 

 

Frederic Leighton (British, 1830-1896),
      Antigona,detail

Adelaide Lessa


 

Singela biografia:
 

 

Adelaide Petters Lessa nasceu em São Paulo. Foi educadora, psicóloga clínica, doutora em Ciências Humanas pela USP e professora universitária. Publicou em prosa Precognição, Paragnose do Futuro e Videntes do Cristo. Em poesia Amoressência, O jogo do êxtase, Augusto e Quase Poética do meu Próximo.

Sobre Augusto, Carlos Drummond de Andrade escreveu-lhe em correspondência:

“Quem inventa coisas como o esquife de avelã,
a mulher que leva brasas no avental,
quem convalesce de navios, de rosas e de arvoredos,
e descobriu em Amar um verbo redondo,
quem volta da expedição à pérola,
traz consigo a poesia, a mais fina e requintada poesia.
Que surpresa o seu livro, Augusto!
Em tão pouco sabe dizer tanto... Oito linhas curtíssimas
E aquela descoberta admirável sobre o universo:
Tudo faz parte de um único verso.
Esta é a verdade dos poetas que reduz a sínteses
Uma larga e sofrida experiência dos homens.”

 

 

 

 

 

Frederic Leighton (British, 1830-1896),
      Antigona,detail

Adelaide Lessa


 

Sobre "Roma":
 

 

Acabo de receber Roma sobre os jovens que incendiaram o índio pataxó, Galdino, em Brasília; o genocídio narrado em Caldeirão, autor e livro que eu desconhecia; e o Josino assassinado em Diadema; todos sem Picasso, mas com Soares Feitosa, memorialista:

Leia, Roma

"Minha pobreza é tanta que meu pintor
pinta de cal,

ele nunca acredita que vá chover,
quando respinga apaga tudo."

E minha tristeza é tanta, depois de ler a veja desta manhã (17.08.97), pelos três meses de seca na Amazônia, 150 km de fogo devorando a floresta, 4.200 castanheiras queimadas numa noite. Horrendo. Também são seres vivos. Que Deus os tenha.
 

 

 

 

 

 

John William Godward (British, 1861-1922),
      Belleza Pompeiana, detail

Adelaide Lessa



Evolução
 


Seremos de tal lirismo
que por descuido somente
voltaremos ao instinto
de comer os grãos de pólen.
Tão luminosos seremos,
de tal pureza divina,
que em nós haverá tormento
se o néctar for ingerido
e mancharemos o amor
se houver escolha de sumo
e pesaremos o dobro
com o perfume dos frutos.
 

 

Franz Xaver Winterhalter. Yeda

Início desta página

Caio Porf�rio Carneiro

 

 

 

 

Titian, Three Ages

Adelaide Lessa


 

Universo
 


Num dia de luz
mais forte que os outros,
inventou o poeta
a palavra mais clara.
E pôs-se a cantar,
afluente de tudo,
que tudo faz parte
de um único Verso!
 

 

A menina afegã, de Steve McCurry

Início desta página

Paulo Franchetti, 2003

 

 

 

 

Jean L�on G�r�me (French, 1824-1904), The Picador

Adelaide Lessa



Recorrência


Confirmo o trato de honra
entre Deus e a jogadora.
Sem trapaça, a glória Dele
é criar deslumbramentos:
— as sementes de universos
e os rubis evoluindo
de roseirais a pomares,
de caracóis a potrinhos,
de santos em avatares.
 


A minha é cair erguendo
a dor na mão da alegria.
 


No jogo, sem outros dados,
aposto minha agonia
e a graça divino-humana
da Poesia.
 

 

Franz Xaver Winterhalter. Portrait of Mme. Rimsky-Korsakova. 1864.

Início desta página

Iosito Aguiar

 

 

 

 

Entardecer, foto de Marcus Prado

Adelaide Lessa



Deus mãe


Aos sofredores do mundo,
quisera escrever um poema
que fosse de alívio eterno,
assim como,
na hora extrema,
Deus é todo materno.
 

 

Herodias by Paul Delaroche (French, 1797 - 1856)

Início desta página

Regina de Souza Vieira

 

 

 

 

Muito mais de não sei quantos mil poetas,

contistas e críticos de literatura.

Clique na 1ª letra do prenome:

 

A

B

C

 

D

E

F

G

H

I

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

W

 

X

Y

Z

 

 

WebDesign Soares Feitosa

Maura Barros de Carvalho, Tentativa de retrato da alma do poeta

 

 

SB 24.10.2022