Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Ana Guimarães

anaguimaraes@terra.com.br

Thomas Colle,  The Return, 1837

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Poesia:

Ensaio, crítica, resenha & comentário: 


Contos:


Fortuna crítica: 


Alguma notícia da autora:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nilto Maciel

 

Adriano Espinola

 

 

 

 

 

 

 

 

Andreas Achenbach, Germany (1815 - 1910), A Fishing Boat

 

 

 

 

 

Ana Guimarães

 


From: ana

Sent: Sunday, November 06, 2005 11:46 AM

Subject: Um quadro e suas versões ao passado - comentário


 

Para além e para aquém da estética, a obra de arte instaura uma transcendência. Que risco se corre ao se debruçar sobre ela: ou se cai no fechamento da interpretação, ou se fica na fascinação pura e simples (chapado, como cupim na lâmpada), impedido da fala, da simbolização. Mas você nem tchum. Como Lacan dizia que deve ser feito: tomar o seu exemplo (prende de la greine), tomar sua semente, fazer germinar outra coisa, você faz isso magistralmente bem com esse texto: sua própriaAllan R. Banks (USA) - Hanna leitura, seu laboratório.

Com que segurança amarra o sentido com a corda da consistência do imaginário! Enquanto o pintor pinta a tela, você cunha a sua escrita, e assina embaixo. A partir da pintura, sabidamente uma fábrica de signos, cria histórias, versões do fato. Busca a verdade, ainda que da ficção (e existe outra?). Assume a parte perdida e jamais reencontrada, até porque não é ela e sim o todo que você dá como jamais reencontrável, pois sabe, desde sempre, da impossibilidade da completude.

Lembrei-me de Duchamp: The viewers are those who make the painting.


Parabéns, Feitosa!


Ana Guimarães.
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Winterhalter Franz Xavier, Alemanha, Florinda

 

 

 

 

 

Ana Guimarães


 

Links para conferir a obra de Ana Guimarães

 


 

 

 

Luiz Edmundo Alves

Início desta página

A menina afegã, de Steve McCurry

 

 

30/01/2006