Mais de 3.000 poetas e críticos de lusofonia!

Eduardo Diatahy B. de Menezes

ediatahy@secrel.com.br

Poussin, The Empire of Flora

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Ensaio, crítica, resenha & comentário:


Fortuna crítica:


Alguma notícia do autor:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ticiano, Magdalena

 

Albrecht Dürer, Head of an apostle looking upward

 

 

 

 

 

 

 

William Bouguereau (French, 1825-1905), A Classical Beauty

Eduardo Diatahy B. de Menezes


 

Biografia:


Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes é sociólogo. Bacharel em Letras e em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará, é doutor em Sociologia do Conhecimento pela Université de Tours (França) e pós-doutor em História Antropológica pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (França). Professor da UFC e da UECE. Vencedor do Prêmio Osmundo Pontes, categoria Ensaio, em 2000. Autor de vasta produção bibliográfica, especialmente científica. Membro da Academia Cearense de Letras, do Instituto do Ceará e da Association Internationale des Sociologues de Lengue Française.
 

Currículo Lattes:

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4783159D3&dataRevisao=null


Endereço postal:

 

Rua Tomás Acioly, 1505
Fortaleza, CE. - BRASIL
CEP: 60.135-180
Tel. (85) 3261-7968

ediatahy@secrel.com.br

diatahy@ufc.br


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Andreas Achenbach, Germany (1815 - 1910), A Fishing Boat

Eduardo Diatahy B. de Menezes


 

Comentário sobre Estudos & Catálogos - Mãos:

 

Sent: Tuesday, December 02, 2003 1:57 PM

Subject: Re: [LITT] Este, o prefácio


 

Chico Feitosa dos sertões dos Inhamuns!Eduardo Diatahy Bezerra de Menezes
 

Você é o demiurgo que transforma um simples Prefácio num texto evocativo de nossos sertões.

Beleza que nos salva da neurose da Verdade, como nos ensinava Nietzsche!
 

Abraço de felicitação para você, Virgílio e Côca, 


Diatahy



 

 

 

Início desta página

Miguel Sanches Neto, 2002

 

 

 

 

 

 

 

 

Caravagio, Êxtase de São Francisco

Eduardo Diatahy B. de Menezes


 

Comentário sobre "Mergulho", de Soares Feitosa:

 

Sent: Friday, August 01, 2003 5:17 PM

Subject: Re: [LITT] Um intertexto de José Albano


 

Caro bardo, do estro sertanejo refinado!
 

Sinto saudade de nossos conversares, que se amiudam na ausência cada vez mais intensa.

Agora, só sei de você por suas entradas eventuais nesta Lista. 

A partir da de hoje, fui lá e abri a bela página do JP e Alessandro Allori, 1535-1607, Vênus e Cupidoli tudo: o seu poema e o comentário consistente do cidadão que você cita abaixo, que teve o cuidado de reproduzir o Romance do Albano, com as inevitáveis marcas do tempo em sua expressão poética.

Sinceramente, gostei mais da beleza refinada e da força poética do seu.

Mandei aquela página para várias amigas. As mulheres saberão intuir tudo quanto você apenas insinua nos interstícios de seus versos, como em frinchas de velho muro de pedra por onde se expande os musgos e a memória dos afetos. 

 

Segue junto meu fraternal abraço, jejuno de falas.
 


 

 

 

Titian, Noli me tangere

Início desta página

Sebastião Uchoa Leite

 

 

 

 

 

 

 

 

Titian, Venus with Organist and Cupid

Eduardo Diatahy B. de Menezes


Comentário sobre "A menina afegã":

 

Sent: Friday, May 03, 2002 1:44 AM

Subject: Re: A menina afegã

 

Don Francisco, meu caro amigo: A menina afegã, de Steve McCurry

 

Que página de impressionante poética! Que dores aludidas no mergulho das memórias!

Não sei por que evocações ou associações, lembrou-me a Balada da Moça do Miramar, do Vinícius.
 

Um abraço imenso de admiração,
 

Eduardo Diatahy B. de Menezes

 

 

 

 

Jean Léon Gérôme (French, 1824-1904), Cleópatra ante César

Início desta página

Sébastien Joachim

 

 

 

 

 

 

 

 

Jean Léon Gérôme (French, 1824-1904), Consummatum est Jerusalem

Eduardo Diatahy B. de Menezes


 

Comentário sobre "Poema em Pernambuco":

 

 

Data: Tuesday, September 24, 2002 6:33 PM

 

Don Francisco, fratello mio!

 

Que poema belo e forte!

Forte, daquela força de universalidade que só a singularidade contém, e que você soube capturar como vate-vidente!

Isso sabe a Iesha'yahou ou Hoshéa', irmão.

Felicitações, do fundo do Coração.

 

Diatahy

 

Leia "Poema em Pernambuco"

 

 

 

Início desta página

Maria da Conceição Paranhos

 

 

23/08/2006